Dermatite Herpetiforme

Voltar para página inicial


Dermatite herpetiforme (DH) é uma doença importante, associada ou complicação da doença celíaca, que se manifesta na forma de uma erupção cutânea.

A dermatite herpetiforme (DH) é uma erupção cutânea intensamente pruriginosa. Geralmente aparece em adultos jovens e é mais comum em pessoas brancas, com maior incidência entre os homens. Os sintomas são queimação, intensa, ardor e prurido em torno dos cotovelos, joelhos, couro cabeludo, nas nádegas e nas costas. Outros locais podem ser afetados e a severidade pode variar.

DH aparece em pequenas e médias áreas que ficam avermelhadas e pruriginosas. Pode haver pequenas bolhas. Aparecem e desaparecem após algumas semanas, tornando-se assim reincidente.DH é uma condição ao longo da vida, mas a remissão pode ocorrer em 10 a 20 por cento dos pacientes devidamente tratados.

A Herpes não causa DH.  A causa da dermatite herpertiforme é a alergia ao glúten, uma proteína encontrada no trigo e alguns outros grãos. Existe tratamento e o médico irá analisar cada caso e medicar segundo a necessidade de cada um. DH é causada em uma alergia do Sistema de IgA. IgA é um anticorpo produzido na mucosa do intestino. Os tratamentos para alegias comuns são inúteis neste caso.

A erupção é causada quando o glúten da dieta combina com IgA e, juntos entram na corrente sanguínea. Eventualmente entopem os pequenos vasos sanguíneos na pele. Isso atrai os glóbulos brancos (neutrófilos) e libera substâncias químicas. Estas criam a erupção. Quando presente, o iodo deflagra este processo, portanto é uma boa sugestão que a pessoa acometida por este problema, consuma o sal iodado com bastante parcimônia e em casos diagnosticados o próprio médico indicará a sua suspensão total.

O intestino também pode ser afetado por esta alergia, isso é chamado de enteropatia sensível ao glúten (GSE) ou doença celíaca. Algumas pessoas têm somente o GSE, alguns têm GSE e DH e alguns simplesmente DH. Não se sabe por que alguns desenvolvem e outros não. Há casos de IGE que evoluiu para câncer (linfoma maligno), é prudente o correto acompanhamento médico gastroenterologista (médico especializado no estômago e intestino).

O diagnóstico de DH geralmente requer, no mínimo, uma biópsia da pele e, às vezes um exame de sangue (com análise específica). Uma vez confirmada, o tratamento será longo da vida, embora a gravidade possa crescer ou diminuir variando assim em cada indivíduo. A completa eliminação do glúten é curativa, e a melhora poderá levar meses dependendo de cada caso. A dieta sem glúten é eficaz neste e em outras doenças auto imunes e deverá ser adotada sempre que a doença for identificada. Pode não ser fácil começar, mas levando-se em conta o bem estar, nenhum sacrifício é demasiado. Cortar o glúten pode reduzir a quantidade de medicação necessária, busque mais informações a respeito.

 Traduzido de uma matéria em http://www.aocd.org